Filmes históricos no aprendizado

Estudar não é sinônimo de se debruçar sobre os livros o tempo inteiro. Quanto mais possibilidades de aprendizado de uma disciplina o estudante possui, mais chances ele tem de compreender, assimilar e fixar o conteúdo que é ensinado na escola.

É por isso que os filmes históricos podem ensinar muito.

Filmes baseados em fatos reais

História é uma das matérias mais importantes do período escolar, pois, a partir dela o aluno é capaz de entender sobre os elementos estruturais, econômicos, políticos, sociais e culturais.

Além disso, é possível obter uma perspectiva crítica sobre esses fenômenos, relacionar fatos históricos com o tempo atual e perceber como acontecem as transformações em uma sociedade.

Aprender a disciplina também ajuda a melhorar o desempenho em Geografia, Literatura, Filosofia, Sociologia e até mesmo nas Artes.

Conhecimento histórico é importante

A falta desse conhecimento, pode gerar a incapacidade de compreender as diferenças, causando violência como racismo e xenofobia.

Com as aulas de História também é possível evitar que equívocos, como a resolução de conflitos por meio de guerras, sejam novamente repetidos, já que existe uma boa experiência sobre suas consequências.

No entanto, para alguns estudantes, essas aulas podem parecer chatas e maçantes, encaradas como uma “decoreba” de nomes e datas que não correspondem à abrangência dessa disciplina.

É por isso que os professores usam técnicas didáticas capazes de fazer com que o aluno se interesse e aprenda muito mais.

Novas técnicas de aprendizagem

Uma das formas mais interessantes de se adquirir conhecimento sobre o passado é por meio dos grandes filmes históricos sobre o assunto.

O estudante pode ampliar seu repertório e aumentar seu poder de argumentação até mesmo após as aulas, no sofá de casa, com a família ou com os amigos.

Para quem está prestando vestibular, os filmes baseados em fatos reais podem fornecer material para desenvolver ainda mais a escrita em redações e questões discursivas com fundamentos verídicos. Porém, é necessária muita dedicação por parte do estudante para adquirir conhecimento histórico nesses momentos de descontração, já que distrações como checar o smartphone e levantar para repor a pipoca podem comprometer o aprendizado.

Além disso, o aluno vai precisar continuar frequentando as aulas, lendo os livros, realizando os trabalhos e discutindo suas ideias sobre o assunto na escola.

Frequentar museus e outras atividades propostas pelo colégio também vão ajudar o estudante a se sobressair na disciplina.

Filmes baseados em fatos reais

Os documentários costumam ser as versões mais próximas dos acontecimentos originais, mas filmes do circuito convencional também oferecem boas opções para o aprendizado.

As cinco obras a seguir auxiliam a dar dimensão sobre alguns dos assuntos mais importantes da história mundial de forma muito mais realista e com muita qualidade, tanto de conteúdo quanto de direção.

Confira

  • Libertários (1976)
    O documentário de Lauro Escorel Filho aborda um processo importante que aconteceu no Brasil no início do século XX: a formação da classe operária brasileira e suas lutas pelos direitos trabalhistas.
    “Libertários” destaca a greve geral de 1917 e também a influência da presença dos imigrantes portugueses, espanhóis e italianos no movimento sindicalista de um país que estava começando a se desenvolver no âmbito urbano.
  • Lincoln (2012)
    É uma obra imperdível do respeitado diretor Steven Spielberg. “Lincoln” conta a história de Abraham Lincoln, o 16º presidente dos Estados Unidos da América.
    O longa, sucesso de bilheteria e que ganhou dois prêmios no Oscar, aborda um dos principais esforços de Lincoln enquanto presidente: o de aprovar na Câmara dos Deputados uma emenda à Constituição para abolir de vez a escravidão no país.
  • Getúlio (2014)
    Dirigido por João Jardim, o longa mostra a intimidade de Getúlio Vargas, presidente do Brasil, durante os seus últimos 19 dias de vida.
    O filme aborda os conflitos internos e externos de Getúlio, que comandava um país envolvido em uma crise política e econômica, na qual o próprio é acusado de ser o mandante do atendado contra o jornalista Carlos Lacerda, até a data de seu suicídio, em 24 de agosto de 1954.
  • A Lista de Schindler (1993)
    O longa foi ganhador de 7 premiações no Oscar e, assim como Lincoln, dirigido também pelo estrelado Steven Spielberg.
    Suas cenas mostram a história de Oskar Schindler, empresário alemão que salvou mais de mil judeus durante o Holocausto empregando-os em sua fábrica.
    A obra mostra de forma extremamente realista a perseguição dos judeus na Polônia e sua recolocação no Gueto de Cracóvia, em 1941. O que difere a “Lista de Schindler” de outros filmes que retratam o Holocausto é o caráter profundamente humano e realista que os realizadores conseguiram garantir para esse exemplar da sétima arte.
  • Hotel Ruanda (2004)
    “Hotel Ruanda”, dirigido por Terry George, retrata uma parte que está começando a ser mais explorada no currículo escolar, que é a história do povo africano.
    O filme é sobre a guerra civil entre Hutus e Tutsis, etnias rivais do país africano Ruanda e seu enredo conta a história de Paul Rusesabagina, gerente do hotel Les Milles Collines, que abrigou mais de 1.200 vítimas no local durante os conflitos que mataram mais de um milhão de pessoas, sendo a maioria civis, em apenas cem dias.
Sem comentários

Postar um comentário