Avaliação Institucional

 

A avaliação institucional é realizada anualmente pela escola, com o objetivo de levantar junto à comunidade escolar se os propósitos, as metas, as práticas e os encaminhamentos têm sido atendidos em todas as suas dimensões.

 

No processo político-pedagógico, é possível expressar a preocupação e o compromisso da equipe pedagógica, de todo corpo docente e toda a equipe escolar no sentido de responder às necessidades de toda a comunidade escolar.

 

A dinâmica avaliativa tem como objetivos:

 

Avaliar professores, corpo administrativo, diretivo.

 

Avaliar os serviços prestados;

 

Avaliar a proposta educativa;

 

Avaliar a dinâmica administrativa e da gestão;

 

Avaliar os espaços e os equipamentos;

 

Esse trabalho acontece tendo como instrumento questionários respondidos on-line ou presencialmente pelos alunos, que são levados a um espaço especialmente preparado para que os discentes possam responder a pesquisa, e pelos pais dos alunos, de forma voluntária, por meio de um questionário respondido. Os dados coletados servem como base para melhorar o desenvolvimento das propostas educativas da escola e para implementação, de novas metas e ações que o contexto exigir.

 

A partir de 2019, considerando os resultados das pesquisas, planos de ação foram elaborados para superar as fragilidades apontadas e manter as virtudes existentes e percebidas pelos alunos e pelos seus pais. 

 

A pesquisa de avaliação do Colégio São Judas Tadeu tem por finalidade avaliar qual o nível de satisfação dos alunos em relação ao corpo docente, à infraestrutura, ao atendimento, ao sistema e à direção/coordenação.

 

Os métodos são usados na pesquisa: o quantitativo e o qualitativo. O primeiro tem como objetivo fornecer informações numéricas sobre o comportamento do aluno, quantificar um problema e entender a dimensão dele. O segundo tem como foco entender o comportamento do aluno, em vez de simplesmente medir.

 

A escala varia de zero a dez, ou seja, de “discordo totalmente” a “concordo totalmente”. Há ainda a possibilidade de assinalar o “Não se aplica”, quando for o caso. 

Ao final de cada item, há um espaço para comentários, divididos em “reclamação, sugestão e elogios”. Aí, o texto é livre para a pesquisa apurar o aspecto qualitativo.

 

Depois de tabulados os dados, os envolvidos no processo avaliativo traçarão planos de ação para melhorar as fragilidades e reforçar e reforçar as potencialidades.

Acesse a avaliação

Clique aqui