Volta às aulas: Como é Importante Visitar a nova Escola do meu Filho

Confira algumas dicas para minimizar a ansiedade provocada pelo período de volta às aulas quando seu filho vai começar o ano letivo em uma escola nova

O período de volta às aulas, em geral, deixa as crianças bastante ansiosas. Depois de muitos dias de férias, é natural que elas de sintam um pouco reticentes em ter que mudar o ritmo e se dedicar um pouco mais às obrigações da vida estudantil. A situação se agrava um pouco mais quando a volta às aulas está prevista para acontecer em uma nova escola.

Fazendo um comparativo, é como se você estivesse começando em um novo trabalho, cheio de expectativas e sem conhecer ninguém, ansioso por saber se você vai ser aceito ou não no grupo que já está formado. Com as crianças e adolescentes o cenário é o mesmo e, dependendo da resposta, isso pode influenciar significativamente até mesmo no desempenho escolar ao longo do ano.

Você pode fazer sua parte na volta às aulas

Conhecer a nova escola na volta às aulas

Para algumas crianças pode ser mais difícil compreender naturalmente as razões pela qual ela está mudando de escola e seus amigos não estão indo junto. Por isso, cabe aos pais chamar a criança e explicar para ela, em detalhes, os motivos pelo qual optaram por matriculá-la em uma nova instituição. A ideia é deixá-la mais à vontade e explicar que a mudança não é necessariamente algo ruim.

Hoje em dia, com as redes sociais, é mais fácil manter o contato com os amigos que ficaram na antiga escola, de forma que não há motivos para que eles fiquem para trás. Mostre para o seu filho que esse é um momento novo em que ele está prestes a ganhar novos amigos e não perder os antigos, de forma que ele se sinta seguro com o novo ambiente.

Conheça a nova escola

Voltar às aulas marca o início de uma nova rotina e, assim como qualquer início, é preciso ter um mínimo de preparação para que as coisas aconteçam da melhor maneira possível. Por isso, uma das recomendações é levar o seu filho para conhecer as instalações da nova escola em que ele vai estudar.

Leve-o para conversar com seus novos professores, se houver algum disponível no colégio no momento da sua visita, bem como para conversar com as assistentes pedagógicas. Isso vai ajudá-lo a se familiarizar com o lugar e criar uma imagem mental do que poderá fazer no primeiro dia de aula. No Colégio São Judas Tadeu, por exemplo, a equipe educacional está sempre à postos para receber visitas como essas antes do início das aulas.

Fique de olho no trajeto

Outra parte importante da rotina é conhecer o trajeto entre a sua casa e a escola. Seja de carro, de ônibus ou com vans fretadas, é importante ter uma noção exata de quanto tempo é necessário para esse deslocamento, levando em consideração dias com mais ou menos trânsito. Assim, você já consegue prever os horários de acordar, de almoço ou da hora de saída do trabalho para buscar o seu filho.

Caso a criança já esteja em idade de ir sozinha para a aula, procure orientá-la da melhor maneira possível com relação ao ônibus que ela precisa tomar ou aos melhores trajetos que ela deve fazer, sempre pensando na segurança e no bem-estar. Com isso, há mais chances de que ela já comece o primeiro dia de aula mais bem ambientada com as novidades.

Seja parceiro sempre, mas ainda mais nas primeiras semanas

Mesmo tendo tomado todos esses cuidados, pode haver muitas surpresas na volta às aulas, boas e ruins. E isso você só vai descobrir conversando com o seu filho. Obviamente, é extremamente recomendável que você faça isso em qualquer circunstância, mas nos primeiros dias de aula em uma escola nova isso se torna ainda mais importante.

Procure entender como foi o relacionamento dele com os professores, dele com os colegas de classe e o que ele fez nas horas em que ficou livre. Se possível, converse também com a equipe pedagógica do colégio para ouvir o outro lado, ou seja, o ponto de vista deles com relação à adaptação do seu filho à nova turma. Ao menor sinal de algum problema, envolva todas as partes para chegar a uma ação a ser tomada o mais rápido possível.

Fique de olho na alimentação

Em boa parte das escolas é oferecido algum tipo de alimentação no intervalo das aulas, seja no período da manhã ou durante a tarde. Se o seu filho estiver acostumado com um tipo específico de comida, é importante ficar de olho ao que será servido durante a primeira semana de aulas. Por via das dúvidas, separe um lanche para ele levar e comer caso não simpatize com a comida.

Algumas crianças podem ser mais sensíveis do que outras com relação às mudanças bruscas na alimentação. Por isso, não deixe que um detalhe como esse passe despercebido e tenha algo preparado. Se a comida não agradar, tenha em mente que preparar um lanche para o seu filho levar sempre pode ser uma boa ideia, além de ser mais econômico.

Deixe que a criança seja ela mesma

Importância de conhecer a nova escola na volta às aulas

É claro que conselhos sempre são bem-vindos, mas a lição mais importante que seu filho deve ter em mente é que ele precisa ser “ele mesmo” no primeiro dia de aula e não se esforçar para parecer quem ele não é. Só assim ele terá mais segurança e confiança e poderá agir de forma despreocupada, conversando de igual para igual com seu colegas e com os professores.

Posts Relacionados:

Atividades extracurriculares. Aprenda a desenvolver habilidades
O papel do educador no processo de aprendizado
Dicas educativas para distrair os pequenos nas férias
Educação para “Aprender a ser”

Comentários da Matéria

0 comentários

Deixe o seu comentário: