Atividades extracurriculares. Aprenda a desenvolver habilidades

Quando fazem atividades extracurriculares que não são parte da grade curricular, as crianças desenvolvem habilidades que os preparam para o mundo.

atividades extracurriculares

Atividades extracurriculares ajudam no desenvolvimento das crianças

Pode não parecer, mas as atividades extracurriculares são mais do que um passatempo: elas auxiliam os alunos a desenvolverem habilidades que as vezes não são desenvolvidas na sala de aula. Aprendidas dentro das escolas ou em ambientes externos, as atividades extracurriculares trazem diversos benefícios imediatos e futuros para crianças, abrindo um mundo de possibilidades para elas.

Além de complementar o ensino com os aprendizados que não são obrigatórios na grade curricular das escolas, fazer uma atividade extracurricular é essencial para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, motoras e afetivas das crianças. Elas também proporcionam autonomia aos estudantes de maneira indireta, porque eles devem escolher e se dedicar às atividades com base em seus próprios interesses e aptidões.

Em muitos casos em que os alunos apresentam dificuldades em matérias como matemática, português e geografia, eles acabam se descobrindo talentosos em algum esporte, por exemplo, e podem aumentar a autoestima e a confiança em si mesmo. Essa visão mais positiva contribui, consequentemente, para uma melhora em seu desempenho escolar, pois ele se sentirá capaz de vencer desafios. De acordo com um estudo realizado pela Sociedade para Pesquisa do Desenvolvimento da criança nos Estados Unidos, as crianças que gastavam 20horas semanais em cursos e aulas antes ou depois do horário escolar apresentaram melhor preparo educacional e psicológico quando comparadas às que não faziam nenhuma atividade fora da escola.

Atividades extracurriculares ajudam a desenvolver habilidades

Atividades extracurriculares ajudam a desenvolver habilidades

A maioria dos professores aponta a desmotivação e a falta de disciplina como principais empecilhos à educação, mostrando a necessidade da criação de espaços que sejam mais motivadores e interessantes aos alunos. Por esse motivo, as atividades extracurriculares e disciplinas praticadas fora da sala de aula tradicional também são responsáveis por transformar o ambiente escolar em um espaço mais atraente e lúdico, facilitando e tornando mais efetiva a troca de informações entre os estudantes e o educador.

Os benefícios não estão somente no espectro acadêmico. Esse tipo de atividade ajuda a formar indivíduos mais preparados emocionalmente e com senso crítico apurado, pois desenvolve habilidades que possuem a afetividade e as relações interpessoais como temas centrais, como, por exemplo, aprender a respeitar as diferenças, a ouvir os demais e a trabalhar em equipe. As atividades extracurriculares também são fundamentais para despertar uma consciência cidadã nos alunos desde cedo, pois elas são capazes de englobar temas como sustentabilidade, ecologia e voluntariado, que desenvolvem o sentimento de responsabilidade do aluno em relação ao seu papel na sociedade.

Habilidades trazidas pelas atividades extracurriculares

Cada atividade extracurricular oferece novas habilidades que são importantes para o autoconhecimento do seu filho, além de aguçar suas competências. Entretanto, antes de matricular a crianças em uma aula do interesse delas, confira tudo o que elas podem desenvolver para ficar de olho se a prática está sendo efetiva:

 

Esportes e artes

Atividades relacionadas a esportes e artes, como jogos de quadra ou de tabuleiro, danças, artesanato, teatro, pintura, entre outros, ajudam a tornar as crianças mais comprometidas, aptas a trabalhar em equipe e capazes de lidar com adversidades. Além disso, essas aulas melhoram a saúde física e mental, exercitam a coordenação motora, estimulam a criatividade e a vocação individual.

Música

Embora seja uma arte, a música exercita diferentes habilidades, como a escuta e o aprendizado de instrumentos, a leitura de partituras e o canto. A atividade também estimula a disciplina e a expressão corporal, exercita a coordenação motora, aperfeiçoa a linguagem, ajuda na concentração e incentiva a criatividade.

Passeios e viagens

Os passeios e viagens englobam diferentes oportunidades: desde uma ida ao cinema até uma viagem por cidades históricas. Essas atividades são importantes para estimular o convívio social, auxiliar na compreensão das disciplinas tradicionais, como história, geografia e biologia, e contribuir para a formação pessoal e cultural do aluno. Eles ainda deixam as crianças mais motivadas para colocar em prática tudo o que aprenderam nas aulas.

Cursos e Grupo de Estudo

Os cursos e grupos de estudo na escola englobam uma variedade de temas que podem ser de interesse do seu filho, como programação, multimídia, fotografia, discussão sobre atualidades, orientação vocacional, entre outros. Além da vantagem de conhecer muito mais sobre o universo escolhido, as crianças aprendem a trabalhar melhor em conjunto e a identificar novas aptidões e competências individuais.

Programação

Apesar de parecer assunto de gente grande, aprender a programar pode dar um suporte que vai além de saber utilizar os aparelhos tecnológicos. A programação auxilia o aluno a entrar no mercado de trabalho futuramente e também estimula o trabalho em equipe, a resolução de problemas e a necessidade de ser persistente.

Eventos Multidsciplinares

Pode não parecer, mas os eventos multidisciplinares também são considerados atividades extracurriculares. Eles podem incluir feiras, apresentações, simpósios ou projetos desenvolvidos pelos alunos dentro da própria sala de aula. Uma das vantagens é que esse tipo de oportunidade costuma ser interdisciplinar e reúne diversos aprendizados para que o seu filho compreenda a importância dos estudos. Além disso, ele pode superar o medo de falar em público e conversar com outras pessoas e engaja os pais na rotina escolar.

Oficinas e Debates

As oficinas e debates feitos fora da sala de aula também são consideradas atividades extracurriculares e importantes para que os alunos possam discutir temas que extrapolam a classe de uma forma informal e relaxada. Durante esse tipo de evento, podem ser desenvolvidas as capacidades de refletir, de respeitar a opinião do outro, de escutar o próximo, de desenvolver senso crítico e de adotar uma postura ativa frente aos aprendizados.

Posts Relacionados:

O papel do educador no processo de aprendizado
Filmes históricos no processo de aprendizado
Qual a importância do Linkedin para um aluno do Ensino Médio?
Chegou a adolescência! Como estabelecer limites claros

Comentários da Matéria

0 comentários

Deixe o seu comentário: