halloween

A relação entre o Halloween e o Folclore Brasileiro

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma festa milenar celebrada, todos os anos, no dia 31 de outubro. Surgiu com os celtas, povo que acreditava em diversos deuses relacionados aos animais e às forças da natureza.

Mesmo sem provas escritas sobre a origem da cultura, tornou-se tradição muito forte, passada de geração para geração, principalmente nos Estados Unidos.

As crianças se fantasiam, pedem “doces ou travessuras” de porta em porta, casas e ruas ficam decoradas com temas sombrios, relacionados às bruxas, caveiras, múmias, vampiros e as abóboras com velas dentro.

A festa foi difundida para diversos países do mundo, entre eles o Canadá e Reino Unido. No Brasil, a comemoração tem se tornado um hábito no país muito por conta das escolas de idiomas. Apesar de não ter grande tradição por aqui, muitas festas temáticas acontecem, anualmente, neste dia.

halloween

Em 2003, com o intuito de celebrar algo que pertence ao folclore nacional, um projeto de Lei federal criou o Dia do Saci, que é comemorado no mesmo dia do Halloween, em 31 de outubro.

O tradicionalismo e a cultura enraizada assemelham o Halloween ao folclore Brasileiro; as lendas, personagens, fantasias, grandes celebrações e o apelo com as crianças são pontos em comum.

São duas manifestações culturais fortemente disseminadas e festejadas por seus povos, apesar de suas origens diferentes. Assim, se o Brasil é uma grande miscigenação étnica, só existem razões para agregar costumes.

Na escola, as comemorações de Halloween têm o objetivo de promover a exposição à língua inglesa de forma lúdica e agradável, em um ambiente de interação social que estimule e enriqueça a aprendizagem. No Colégio São Judas Tadeu, as crianças terão seu dia de Doçuras e Travessuras.