9 lugares na Mooca que você não pode deixar de ir

Um dos bairros mais tradicionais de São Paulo reserva uma série de atrações imperdíveis para quem visita a região

Localizado na Zona Leste de São Paulo, o bairro da Mooca é considerado um dos mais tradicionais do município. Reduto dos imigrantes italianos, a região exibe em cada uma de suas ruas traços característicos dos europeus, seja na arte, na culinária ou nos nomes de ruas que remetem a pessoas importantes que ajudaram a construir a história do bairro.

Cantinas, pizzarias e doçarias já se tornaram verdadeiros patrimônios da cidade. A história de famílias e sobrenomes tradicionais, como os Montone, os Marano, os Carraro, os Piagentini, os Crivelari e os Sapia se confunde com o desenvolvimento do bairro, que no passado foi uma área industrial, abrigando fábricas e casas de operários.

Bairro da Mooca

Nos últimos anos, o tradicional bairro de São Paulo vem se transformando, cada vez mais, em um espaço com construções de alto padrão. Com uma área de 7 quilômetros quadrados, o bairro da Mooca abriga pouco mais de 63 mil habitantes e é considerado um bairro com “a cara de São Paulo”.

Que tal conhecer de perto ou pouco mais dessa história? Listamos aqui nove locais que você não pode deixar de visitar quando estiver de passagem pelo bairro. São ambientes com quase um século de história e que nos ajudam não apenas a contar a história da Mooca, mas também um pouco da história da cidade de São Paulo.

1 – Trem Cultural dos Imigrantes

Trem Cultural dos Imigrantes

Um dos passeios mais agradáveis para se fazer no bairro da Mooca aos finais de semana é pegar o Trem Cultural dos Imigrantes. Trata-se de uma locomotiva à vapor, de 1922, que percorre um percurso de três quilômetros mostrando uma vila ferroviária do século passado e trens antigos da SP Railway. A estação está localizada no Museu do Imigrante e o passeio, que funciona apenas aos sábados e domingos, dura cerca de 25 minutos.

2 – Estádio Conde Rodolfo Crespi

Estádio Conde Rodolfo Crespi

O Juventus já foi um dos times fortes do futebol paulista e incomodou os grandes da capital nas décadas de 60, 70 e 80. Porém, o futebol profissional foi sufocando aos poucos o “Moleque Travesso”, apelido carinhoso do time que manda os seus jogos no estádio da Rua Javari. O complexo esportivo do Juventus tem cerca de 80 mil metros quadrados e ainda hoje é um reduto para os praticantes de esportes amadores e olímpicos. Oportunidade de experimentar o famoso cannoli do Sr. Antônio que há mais de 50 anos serve esse maravilhoso doce durante os jogos do Juventus neste famoso estádio.

3 – Paróquia San Gennaro

Paróquia San Gennaro

A Paróquia de San Gennaro – ou São Januário, como é conhecido no Brasil – foi inaugurada em 1914. Hoje, além de missas e solenidades religiosas, a Paróquia é responsável por organizar anualmente a tradicionalíssima festa de San Gennaro, um evento que consiste em basicamente três atividades: as missas solenes, uma procissão pelas ruas do bairro e uma festa externa com Deliciosas receitas italianas, servidas em cerca de trinta barracas, são a marca da tradicional festa que termina no segundo domingo de outubro. Além da famosa macarronada, os visitantes podem escolher entre pizzas, fogaças e uma saborosa polenta frita além de música ao vivo.

– Biblioteca Affonso Taunay

Outro espaço cultural de suma importância no bairro da Mooca é a Biblioteca Affonso Taunay. Em uma área de dois mil metros quadrados, o local abriga um acervo com mais de 21 mil obras. A biblioteca foi inaugurada em 1954 e transferida para o prédio atual, da Secretaria Municipal de Esportes em 1965 – onde funciona até hoje. Se você quiser encontrar documentos importantes que mostrem a história dos pioneiros do bairro, certamente este é um dos lugares onde você deve concentrar as suas pesquisas.

5 – Colégio São Judas Tadeu

Colégio São Judas Tadeu

Milhares de moradores da Mooca foram alfabetizados e formados cidadãos no Colégio São Judas Tadeu, uma das escolas mais tradicionais da Mooca. Fundada em 1947 pelo professor Alberto de Mesquita Camargo e por sua esposa Alzira Altenfender Silva Mesquita, o espaço hoje abriga alunos desde a Educação Infantil até o Ensino Médio e há vários eventos abertos ao público em geral.

6 – Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo

Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo

Inaugurado em 1952, o Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo leva o nome em homenagem ao poeta maranhense, falecido em 1908, imortalizado na Academia Brasileira de Letras. O espaço já foi considerado um dos mais modernos da cidade e há pouco mais de quatro anos passou por uma grande reforma, em que foram investidos quase R$ 8 milhões. Desde então, o espaço se tornou também sede do Clube do Choro.

7 – Mooca Plaza Shopping

Mooca Plaza Shopping

Saindo da parte histórica do bairro e caminhando em direção ao contemporâneo, uma atração da Mooca que merece a sua visita é o Mooca Plaza Shopping. O espaço conta com mais de 230 lojas, restaurantes e quiosques, além de cinemas e diversos espaços de lazer. É o maior shopping do bairro e um dos centros de compras mais importantes da região.

8 – Parque Sabesp Mooca – Fiori Gigliotti

Parque Sabesp Mooca

O local possui o nome do radialista e locutor esportivo Fiori Gigliotti brasileiro. Nascido no interior de São Paulo, filho dos imigrantes italianos. O parque fica localizado onde há a torre da caixa d’água o maior reservatório de água da América latina no alto da Mooca, É administrado pela SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo SA). A infraestrutura possui rota acessível, espaços lúdicos, museu aberto, espaço para caminhadas, playground, posto de coleta seletiva e bicicletário, além da flora do local possuir espécies como ipês, caroba, quaresmeira e muitas outras. Acontecem várias atividades esportivas e culturais.

9 – Gastronomia na Mooca – Hora da Gula

A gastronomia do bairro possui lugares para todos os gostos com bares, lanchonetes, restaurantes  docerias e rotisserie os mais tradicionais são:

A doceira e rotisserie Di Cunto a mais tradicional do bairro inaugurada no ano de 1846 como fábrica de panetones e com o passar do tempo aumentou seu cardápio com massas, salgados, saladas e muitos outros, além do famoso doce cannoli

Restaurantes como o Dom Carlini (R. Dona Ana Néri, 265) especializado em comida Italiana, com massas, risotos, carnes e pescados em um ambiente tipo da década de 50. A Pizzaria São Pedro (R. Javari, 1333) inaugurada há quase 50 anos oferece mais de 60 sabores.

Esfiharia Juventus. Tradicional casa árabe, famosa pelas esfihas, tem um ambiente acolhedor e familiar. Ponto de encontro nos dias de jogos do Juventus. Endereço: R. Visconde de Laguna, 152 – Mooca – São Paulo.

Posts Relacionados:

Geração Millenials, como ela vai mudar o mundo que conhecemos?
Como encarar a volta às aulas após as férias: 12 dicas para ajudar os pequenos na readaptação
Ter medo não é de todo mal
Multimídia - a importância de mostrar o verdadeiro caminho ao aluno e despertar conhecimento e vocaç...

Comentários da Matéria

0 comentários

Deixe o seu comentário: